Pular para o conteúdo principal

Isaac Asimov e seu conhecimento *

Pessoal, espero, realmente que vocês parem por 7:55 minutos e prestem atenção nesse vídeo!!! Ele tem, 24 anos, foi no ano que nasci, só para terem uma idéia. Vou citar um trecho do que a Marcia, do "Menos um na Estante", escreveu em seu blog/site:

É impressionante como em alguns comentários o escritor de ficção científica dá uma boa ideia de como a internet irá impactar a vida das pessoas, muitos anos depois, prevendo coisas como as redes sociais e a Wikipédia. E principalmente a educação. Asimov critica o modelo padrão que torna o aprendizado mais imposição do que prazer. A internet se torna um campo aberto de possibilidades para se aprender o que quiser, pesquisando no próprio ritmo, da própria casa. Tornando a escola importante, porém com o papel diferente de ser lugar de encontro e discussão.  

Eu concordo com as coisas que Isaac disse, nem sempre gostamos de todas as matérias que estudam na escola, as vezes temos prazer ou uma maior habilidade para outra matéria, uma específica! Com a internet, auxiliando nessa escolha, fica muito mais fácil a criança se interessar, ou talvez um adulto achar o seu caminho, de fato! A escola é super importante, mas deixar a pessoa se achar é melhor ainda!!! E outra, não é só porque terminou a escola, a faculdade, curso o que seja, que deixará de aprender, de ter conhecimento, isso você adquiri com a vida, experiência, livros, vivência, não devemos parar, nunca!!! Temos que buscar sempre por novos conhecimentos, independente da sua idade. O mundo não para, as coisas se renovam, é constante, e nós devemos ser também.




Isaac Asimov, nasceu em 2 de janeiro de 1920 — Nova Iorque, 6 de abril de 1992), foi um escritor e bioquímico estadunidense, nascido na Rússia, autor de obras de ficção científica e divulgação científica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijinho de Coco Vegano

Bom dia! Bom dia!
Preciso contar uma coisa para vocês, antes de irmos à receita, há alguns meses eu deixei de tomar leite (animal), não só pela conscientização (porque não como mais carnes também - exceto peixe, que ainda estou em processo de desapego), mas também por questão de saúde. Passava muito mal depois de tomar leite de caixinha, e o leite em pó começou a me fazer tão mal quanto. Isso tem um ano, mais ou menos, que comecei a perceber da onde vinha esse mal estar. Pois bem, testei os leites de Soja da Ades, o Original não gostei, era muito doce, já com o Zero me adaptei bem, porém, era muito caro. Pesquisei e fiz uns leites em casa, com Soja e depois Aveia. Gostei, gostei mesmo, mas eu esquecia de deixar de molho o grão um dia antes, e acabei desistindo de fazer.  Conclusão: Não tomo mais leite de manhã, e só consumo leite em comida, como por exemplo: bolos e molhos. Iogurte? Nem pensar! Só se for sem lactose ou de soja!
Mas...semana passada, passando pelo corredor do mercadin…

"Hambúrguer" de Couve-Flor

Oi Pessoal!


Hoje venho com uma receita beeem prática e deliciosa. Vi no facebook, naquela página "Tasty Demais" sabe? Vídeos de poucos minutos, explicando de uma forma bacana, e fiquei curiosa pra testar essa, em especial, pois eram ingredientes em tinha em casa.
Recomendo e faria sempre(#Gordinha). Ainda esquentei o pão na frigideira e derreti o queijo para colocar por cima do hambúrguer.

Ingredientes:




01 couve-florPitada de Sal e Pimenta-do-reino01 xícara de farinha de trigo01 ovo1/2 xícara de queijo parmesão ralado03 cebolas (usei as pequenas, se for da grande, 01 só dá!)02 dentes de alhoPunhado de salsinhaobs: Eu mudei a receita original (coloquei mais farinha e provavelmente mais couve-flor)
______________________
Modo de preparo:
Lave e corte a couve-flor. Coloque no micro-ondas por 15 minutos. Amasse-a ou coloque no processador, acrescente também, as cebolas, dentes de alho e salsinha.Coloque a farinha, ovo, tempero e queijo, amasse bem com as mãos.Faça "hamburguinhos&q…

A Vida É Muito Mais

Ser grato! Ser presente! Ser real! Ser verdade! Sem jogos...sem encenação...sem "e se..." Quer falar - fale. Quer dançar - dance. Quer chorar - chore.  Sorria mais - sem motivo algum.  Cante - e desafine. Ande descalço. Deite na grama.  Sinta a chuva. Faça arte. Seja criança. Não espere o outro e nem do outro. Seja e faça por você! Esqueça o número de likes e visualizações - sua vida é muito mais {e melhor} que isso.  Sinta! Viva a vida!  Não espere por aquele dia do "um dia farei e serei...", e nem pelo "momento certo". A nossa vida é aqui e agora. Seja PRESENTE ♡ (Paula R. Alvarez)